Política e Cotidiano.

Deputada Natália Bonavides se reúne com representantes do INSS e da FEPERN para tratar do atraso no Seguro Defeso para trabalhadores da pesca

Nesta última quinta-feira, 13, em Brasília, a deputada federal Natália Bonavides (PT/RN), acompanhada pelo Presidente da Federação dos Pescadores do RN (FEPERN), Dedé de Cafu, e de representantes da pesca artesanal de outros estados do Brasil, se reuniu com o coordenador de atendimentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Ailton Nunes, para debater soluções para os problemas verificados no pagamento do Seguro Defeso. Mesmo estando aptos a receber o benefício, milhares de pescadores e pescadoras em todo o Brasil estão sendo penalizados com o atraso no repasse destes valores.

No Rio Grande do Norte, segundo informações da FEPERN, cerca de 14 mil pescadores têm direito ao benefício e pelo menos três mil deles estão pendentes de análise ou com parcelas em atraso.

“Ontem, no INSS, os representantes do Instituto se comprometeram em encaminhar soluções para os problemas. O nosso mandato tem compromisso com a pesca artesanal. Os pescadores e pescadoras são os que mais defendem a transparência do Seguro Defeso por entenderem sua importância ambiental e social e nós estamos trabalhando para resolver as dificuldades impostas ao recebimento do benefício”, destacou Natália Bonavides.

No RN, antes da pandemia, durante o segundo semestre de 2019, a pesca artesanal foi severamente impactada pelas manchas de óleo que afetaram grande parte do litoral brasileiro e essa dificuldade no acesso ao Seguro Defeso aumenta ainda mais a situação de vulnerabilidade de parte da comunidade pesqueira no estado.

0 Comments:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA

Popular Posts

PREVISÃO DO TEMPO

VSFM 104,9-VOZ SERRINHENSE