30 dezembro 2014

Mais de 40 corpos de passageiros do avião da AirAsia são encontrados

 
  Autoridades da Indonésia confirmam que foram resgatados mais de 40 corpos de passageiros do avião da AirAsia que havia desaparecido no domingo. A aeronave decolou com 162 pessoas a bordo do aeroporto de Surubaia e viajava com destino a Cingapura.

"O navio de guerra Bung Tomo recuperou 40 corpos e o número cresce", disse o porta-voz da Marinha, Manahan Simorangkir.

Mais cedo, o diretor-geral da aviação civil da Indonésia, Djoko Murjatmodjo, já havia confirmado a localização dos destroços da aeronave. Pedaços da porta e de uma rampa de emergência do avião da AirAsia foram localizadas a cerca de 10 quilômetros da última posição registrada pelos radares da Agência Nacional de Buscas e Resgates.

Dois helicópteros foram usados para confirmar que os destroços eram mesmo da companhia aérea e uma fragata da Marinha foi enviada para recuperar os objetos.
BAY ISMOYO / AFP
Além disso, um avião militar também detectou uma sombra no fundo do mar, que pode se tratar da aeronave da AirAsia. "Às 12h50 (horário local) um Hércules da força aérea encontrou um objeto descrito como uma sombra no fundo do mar com a forma de um avião", disse o chefe da Agência Nacional de Busca e Resgate da Indonésia, Bambang Soelistyo.

Ao serem informados sobre os destroços e corpos encontrados, familiares das pessoas que viajavam no avião da AirAsia se abraçaram e choraram no aeroporto de Surabaia, de onde o avião decolou no último domingo. Eles viram pela televisão as imagens de um corpo flutuano no mar.

O voo QZ-8501 levaria duas horas de Surubaia até Cingapura. No caminho, o pilto pediu permissão ao controle áereo para mudar a altitude de 32 mil para 38 mil pés, o que evitaria uma tempestade. Dois minutos depois, quando so controladores tentaram comunicar a autorização da mudança não houve mais resposta do comando da aeronave.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário