quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Cadáver em avançado estado de decomposição é encontrado por trás do Ministério Público

O cadáver foi encontrado nesse terreno, às margens da Rua Jaguarari

O cadáver de um homem ainda não identificado foi encontrado em avançado estado de decomposição em um terreno baldio por trás da sede do Ministério Público Estadual, em Candelária, zona Sul de Natal, na manhã desta quarta-feira. Segundo o delegado Iramar Xavier, da 5ª delegacia de Polícia de Lagoa Nova, os restos mortais da vítima aparentemente não apresentavam sinais de violência, o que pode indicar morte natural ou por embriaguez ou ainda overdose.

Segundo a Polícia, na noite anterior, uma mulher avisou ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) da presença do cadáver no local, às margens da Rua Jaguarari. Por causa da escuridão do local, no entanto, não foi possível encontrar os restos mortais. Mais uma vez, nesta manhã, populares voltaram a acionar a Polícia, que acabou achando o cadáver.

Iramar Xavier comenta que pelo tipo de vestes com as quais foi encontrado os restos mortais acredita-se que se trata de um homem. Contudo, ele espera a confirmação do laudo pericial que será emitido pelo Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

Ainda de acordo com o delegado, até devido ao avançado estado de decomposição em que se encontrava o cadáver, não ficou claro se foi uma morte violenta. "O cadáver ainda tinha alguns restos de pele e resquícios de barba. Porém, não havia alguma marca de violência aparente". Iramar Xavier afirma ainda não ser possível saber, no momento, há quanto tempo aqueles restos mortais estavam jogados nesse terreno baldio. "Isso depende, muitas vezes, das condições de tempo. Por isso vamos esperar o resultado do laudo".
 
Fonte: DN/Eduardo Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEGUIDORES